O Que É Loudness Range (LRA)?

Uma das preocupações do momento está na medida do loudness dos nossos áudios, ou mais exatamente o que a recomendação EBU R-128 chama de Programme Loudness , os já famosos (ou infames) LUFS da vida. Porém, junto com essa medida, existe uma outra, que é o LRA – Loudness Range, que ainda se cobre de um certo mistério.

A EBU define o LRA como “uma quantificação na variação da medida de loudness que varia no tempo”. Mais claramente, é a medida estatística de quanto o loudness varia ao longo da música. Por exemplo, quanto maior a diferença de loudness entre trechos diferentes , digamos, entre verso e refrão, maior será o LRA.

Assim, um evento momentâneo – o som de um único tiro em um filme – não vi afetar o LRA, e um fade-out de uma música também não o afeta significativamente. Mais tecnicamente, o que se faz é montar um histórico dos valores de loudness da informação. Esses valores são tomados em “janelas” de 3 segundos, com superposição entre janelas adjacentes, e para a janela o loudness passa por um gate que vai desconsiderar sinais muito baixos. Isso vai permitir que apenas trechos que tenham volumes consideráveis (no caso de filmes, isso elimina trechos onde não há nem música nem diálogos, e somente ambiente, por exemplo). Em música, isso elimina o fim do fade-out como elemento de cálculo.

Bom, de posse desses valores, o LRA é calculado como a diferença entre os valores de 10% a 95%, ou seja, desconsiderando mais ainda os valores muito baixos e muito altos.

Mas quanto é razoável eu ter na minha master?

Bem, segundo uma pesquisa feita por Tom Frampton , da Mastering The Mix, os valores médios por gênero em 10 exemplos de cada gênero foram:

POP 6.4 LU
EDM 5.9 LU
ROCK 5.6 LU
COUNTRY 7.6 LU
HIP HOP 4.0 LU
R&B 5.5 LU
HOUSE 5.3 LU
ELECTRONIC 7.2 LU

O que podemos apreender disso é que se estamos entre 5 e 6, estamos na média do mercado.

Uma observação importante é que muitas TVs usam como target para o LRA o valor Máximo de 8 . Ou seja, se estivemos na região acima, esse não será um problema.

Mas como saber se o LRA está pequeno demais. Bom, isso não existe. Você pode apertar sua música o quanto quiser, embora aí entrem considerações artísticas. O que não está tecnicamente errado não necessariamente está artisticamente bom.

Repare que a medida do LRA é em LU e não em LUFS, pois LU significa uma medida comparativa , uma diferença entre dois valores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *